terça-feira, 28 de junho de 2016

Preconceito com profissões

Enquanto são pequenos, muitos não tem preocupações, apenas brincam, jogam vídeo-game, assistem desenhos etc. Provavelmente, o maior desassossego dessas crianças, é tirar notas boas na escola. Mas eles crescem, as responsabilidades aparecem, aos 17 anos precisam pensar que curso farão na faculdade e não são todos adolescentes que já sabem exatamente o que querem fazer. Alguns, quando ainda não chegaram na idade, querem ser dentistas, mas no momento de tomar a decisão, optam pelo curso de secretariado. Outros, quando são pequenos, não ficam pensando nessas coisas e quando chega a hora, decidem fazer o curso de direito.

As perguntas que os adultos fazem, normalmente são: E ai, vai fazer o que de faculdade? Já está pensando pra qual curso vai prestar o vestibular? E esperam que a resposta seja: Vou prestar o vestibular para medicina, direito, engenharia etc. Ou seja, para os cursos "famosos" e que podem oferecer um retorno financeiro alto. Porém, se você responder que quer um curso pra ser professor, pra ser músico, que você quer fazer teatro, qualquer faculdade que não é muito comentada e que não fará de você uma pessoa com prestígio, acham que está no caminho errado. Na verdade, seria interessante deixar o adolescente decidir o que quer sozinho. Porque, a impressão que fica, é que alguns sujeitos, só pensam nas profissões com "status" e discriminam as que não tem.

Em alguns casos, a pessoa não tem dúvidas sobre o que quer, faz a faculdade que desejou, se esforça, adquire a graduação e acaba ouvindo que na verdade acham que você deveria ter feito outro curso, que cometeu um erro, que a profissão escolhida não te levará a lugar algum. Só que de repente, se você começa a trabalhar em uma empresa conhecida ou ganhar um salário ótimo, se transforma no exemplo que todos a sua volta deveriam seguir. Vamos supor que você decide ser dançarino e te criticam,  mas se você começar a dançar na Broadway, falarão que foi a melhor escolha que fez (vai ter gente até que irá dizer que te apoiou, sendo que na verdade fizeram piadas sobre você). Ou então, você tem uma ideia empreendedora, só que as pessoas dizem que não vai dar certo, porque isso é ilusão sua, mesmo assim, você tenta e consegue ter êxito. Provavelmente, os que tentaram te desanimar, terão uma reação completamente diferente e ao invés de rirem de você, irão querer rir com você.

Se você desejar ter uma profissão que é melhor vista, pela sociedade, faça isso. Porém, se não for o seu sonho, não cometa esse equivoco, porque, o que vale a pena mesmo, é fazer aquilo que te traz satisfação. Suas ideias, só serão consideradas besteiras, para algumas pessoas, enquanto não derem certo, porque se tudo ocorrer de modo satisfatório, você vira um "mito" diante dos que te desaprovaram. Sonhos diferentes só são bobos, para os que fazem parte do senso comum, mas se eles se tornam realidade, comentarão sobre você com aprovação. Alguns seres humanos, são insatisfeitos demais, para você parar aquilo que almeja, por causa do que dizem.

Portanto, faça o que tem vontade, coloque em prática o que planejou, estude e trabalhe com o que te agrade, não com aquilo que projetaram, pra você. Não viva de acordo com o que a sociedade te impõe, isso não fará você feliz, mas sim, alguém frustrado, por viver uma história que não é sua.

Pensamentos de Raquel Alves.


Significado: Preconceito - Prejulgamento; juízo de valor preconcebido sobre opinião ou pensamento acerca de algo ou de alguém cujo teor é construído a partir de análise sem fundamentos.

Significado: Profissão - Gênero de trabalho habitual de uma pessoa.

Beijos. <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário